sábado, 23 de março de 2019

dicionário 3

término

dever
devir.
entendi despir.
ela: despedir.


...

negação

memória não é carcaça
mergulho não é naufrágio
destruir amor
não é arte de poeta


...

desejo

pólvora molhada
secando ao sol
mas é nublado
o dia

segunda-feira, 4 de março de 2019

sábado de carnaval

meu corpo 
sua avenida
curto
circuito doce
sem corda
meu gozo 
vulcão sem parede
e o seu
fluição de tempo

esù perto 
carne dentro
em-ba-ra-lha-men-to 
na boca da montanha

meu olho
nu
olho de rio do homem terra. 


(Maíra, carnaval de 2019)






beija-me, 
lava a cor escárnio,
me faz dádiva
de deus
o que quero dizer
palavra
entidade gráfica
entidade língua 
dos meus olhos surdos
capaz de sussurros,
cantigas inúteis 
de dor.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

água 1



mania de água viver de coração em coração é preciso um quase-infarto pra fazer caminho de dentro pelo sangue longe-perto pele-linha tempo-peito por favor algum silêncio sem ar rarefeito pro corpo remendado cuidar a sós dos perigos de abrir-se livre de pedras, ânsias
refluxos anti-versos e mormaços por favor algum silêncio pro coração despencar pelas veias poros,
flechas e fazer do próprio corpo
festa sem remendar o tempo



(Maíra, 2016)



imagem: "02 de fevereiro", de Senegambia

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

lua em peixes






minha disposição ao delírio

corre auroras de rio,

hábito de água
do meu corpo imenso 
e púrpura,

afluente de desejos,
canoeira em aflição de afogamento.



foto: Karin Rosenthal, 1971




sábado, 15 de setembro de 2018

I - Nascer


Meu corpo, fábrica de vento,
sob a luz de Tempo foi parido na beleza preta das mãos
de minha Mãe. Na imensidão da memória, navalha recosturando o fio comido
pela dominação. Das mãos de minha mãe escorrego para a cura ancestral, resguardo. Ato de guardar-se dentro, proteção do nascimento, silêncio de Orixá morando em mim ORIpotência a beleza preta das mãos de minha mãe Darabi.




Para Mãe Darabi (Alba Cristina Soares),
de sua filha Oyá Inuféfé (Maíra Guedes) outono de 2018.


ilustração: "Ori", de André Hora.

segunda-feira, 11 de junho de 2018











haja quero
pra tanto
queria

(27.07.2015)



Foto: Lourdes Almeida